Efeito do orgulho e é feito dele também

Eu observei atentamente ele empurrar a porta de vidro da cafeteria, virar o rosto para os dois lados até encontrar meu olhar, sua boca tremeu e os olhos brilharam, se fora de amor ou de raiva, nunca saberei. Estávamos mais uma vez no mesmo lugar com as mesmas intenções: ver um ao outro sem ter que admitir em voz alta que era o que ansiávamos a todo momento.

Tínhamos brigado fazia mais de um mês e desde então íamos no horário que já nos era costumeiro à cafeteria que nos serviu de ambiente romântico por quase todas sextas-feiras do nosso namoro, pediámos o mesmo café de sempre, sentávamos juntos em mesas separadas e nos reconciliávamos sem trocar uma só palavra.

Anúncios

Publicado por

Webler

Queria viver leve; amar leve; respirar leve; escrever leve; mas a vida me fez assim, pedra bruta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s